Durante a Festa Liter√°ria Internacional de Paraty (Flip), a literatura, as pol√≠ticas p√ļblicas do livro e da leitura e as bibliotecas comunit√°rias v√£o estar em evid√™ncia, entre os dias 26 e 28 de julho, no ciclo de debates “Sabores do Livro e da Leitura‚ÄĚ, promovido pelo Instituto C&A e a Rede Nacional de Bibliotecas Comunit√°rias (RNBC), em parceria com a Rede LEQT (Leitura e Escrita de Qualidade para Todos).

‚Äú√Č importante estarmos presentes nos principais eventos liter√°rios do pa√≠s para falar sobre as bibliotecas e disseminar suas a√ß√Ķes e seu trabalho de incentivo √† leitura nas periferias do pa√≠s”, afirma Rafael Mussolini, integrante da RNBC, que vai participar da mesa de abertura do ciclo, na quinta, 26, √†s 14h, sobre a pesquisa “Impacto das bibliotecas comunit√°rias na forma√ß√£o de leitores no Brasil”, na Casa de Cultura de Paraty. Ser√£o apresentados os primeiros resultados da pesquisa que examinou a realidade pouco conhecida das bibliotecas comunit√°rias. Tamb√©m participam do debate a professora Ester Rosa, da Universidade Federal de Pernambuco, a bibliotec√°ria Cida Fernandez, do Centro de Cultura Luiz Freire de Pernambuco e a escritora Dinha Maria Nilda, com media√ß√£o de Janine Durand, assessora do Instituto C&A para o Programa Prazer em Ler.

Em seguida, √†s 15h, acontece o bate-papo ‚ÄúDe onde brota a sede‚ÄĚ, que discute o enfrentamento da desigualdade de oportunidades de acesso √† cultura escrita no Brasil, com Ana Lima, uma das coordenadoras da Rede LEQT, Renata Costa, secret√°ria-executiva do Plano Nacional do Livro e Leitura e o professor e quadrinista Marcelo D‚ÄôSalete, com media√ß√£o de Patr√≠cia Lacerda, gerente de educa√ß√£o do Instituto C&A.

Na sexta, 27, a programa√ß√£o come√ßa √†s 10h, na Casa da M√ļsica, com uma roda de conversa sobre ‚ÄúPara que ler literatura‚ÄĚ, com Noemi Jaffe e Luciana Gerbovic, da Escrevedeira ‚Äď Centro Cultural Liter√°rio, que investiga se a literatura teria ou n√£o uma fun√ß√£o. Em seguida, √†s 11h,acontece o clube de leitura do livro “Zero a Zero‚ÄĚ, da escritora Dinha Maria Nilda, obra que tem poemas contra o genoc√≠dio da popula√ß√£o negra. No per√≠odo da tarde √†s 14h, tem um encontro de leitura para refletir sobre o momento pol√≠tico e econ√īmico que o pa√≠s atravessa, com a participa√ß√£o de Jos√© Maria Gomes Neto, bacharel em Filosofia e palestrante do TEDxRIO+20 e Maria Helena Mueller, leitora e moradora da Ilha do Ara√ļjo de Paraty.

J√° no s√°bado, 28, √†s 10h, o diplomata e escritor Alexandre Vidal Porto e o deputado federal Jean Wyllys conversam sobre o livro “O Fim de Eddy”, de √ądouard Louis, um romance autobiogr√°fico que desvela o conservadorismo e o preconceito da sociedade do interior da Fran√ßa. Nessa conversa os participantes debatem a luz da dimens√£o liter√°ria da obra, temas como desigualdades, viol√™ncias cotidianas e direitos humanos, com media√ß√£o de Janine Durand, do Instituto C&A.

Todas as mesas s√£o gratuitas e abertas ao p√ļblico. Na quinta (26) a programa√ß√£o acontece na Casa de Cultura de Paraty, j√° no dias 27 e 28, na Casa da M√ļsica, anexo da Casa de Cultura.

Histórico da Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias

Em 2015, acreditando no potencial da constru√ß√£o coletiva √© criada a Rede Nacional de Bibliotecas Comunit√°rias (RNBC) com bibliotecas nas regi√Ķes Norte, Nordeste, Sul e Sudeste do pa√≠s para promover a√ß√Ķes de incentivo √† leitura, a forma√ß√£o de leitores e √† literatura como um direito humano e incidir por pol√≠ticas p√ļblicas do livro e da leitura. A RNBC cresce com os objetivos de democratizar o acesso √†s bibliotecas e √† cultura liter√°ria, al√©m de articular a manuten√ß√£o, o reconhecimento e a sustentabilidade de bibliotecas comunit√°rias. A rede tem mais de 110 bibliotecas espalhadas pelos estados do Par√°, Maranh√£o, Cear√°, Pernambuco, Bahia, Minas Gerais, S√£o Paulo, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro.

Serviço

Ciclo de debates ‚ÄúSabores do Livro e da Leitura‚ÄĚ

Quinta, 26 de julho, das 14h às 17h30
Local: Casa da Cultura de Paraty (Rua Dona Geralda, 157 РCentro Histórico,
Paraty)

Sexta, 27 de julho, das 10h às 15h
Sábado, 28 de julho, daa 10h às 11h
Local: Casa da M√ļsica – anexo da Casa da Cultura (Rua Dona Geralda, 282 –¬†Centro Hist√≥rico, Paraty)