O Ministério da Educação anunciou que determinará parâmetros de formato para os livros de literatura que serão comprados a partir de agora pelo governo. O edital que será publicado em março já terá as novas medidas oficiais: 205 x 275 mm, 270 x 270 mm ou 135 x 205 mm. A capa deverá ser em papel cartão 250 gramas e miolo em couchê 80 gramas. Essa padronização, trará benefícios, barateando os custos para o governo. O secretário de Educação Básica do Ministério da Educação ainda afirma que a mudança maior será o alcance da leitura, levando em conta que mais importa ter esse acesso, que ter livros trabalhados na decoração.

O FNDE considera o edital, que vai comprar livros para a Educação Infantil, os anos iniciais do Ensino Fundamental e para o Ensino Médio, como “transitóro”. Os livros para os anos finais do Ensino Fundamental já estarão no escopo do PNLD 2020. Depois disso, a compra será feita dentro do ciclo de referência do PNLD de cada ano. Por exemplo, no ano em que foram comprar os livros para os alunos do Ensino Médio, serão também escolhidos os livros de literatura para esse ciclo e assim por diante

O presidente da Associação Brasileira de Editoras de Livros Escolares aponta que existe grande diferença entre os livros escolares e a literatura infantil, levando em conta que a infantil não possui um padrão. Ainda afirma: “Literatura é criação, literatura é inspiração. É impossível delimitar formatos para isso”.

i10 Didático

A Praxis Softwares Gerenciais desenvolveu o i10 Didático, uma ferramenta pedagógica online e de fácil utilização para ajudar todos os profissionais da escola a organizar melhor os livros didáticos de forma simples, rápida e fácil.

Escolas de idiomas e cursinhos pré-vestibulares que utilizem apostilas também podem se beneficiar dessa tecnologia educacional.

Acesse nosso site para saber como: https://goo.gl/ycCY3a

Fonte: Blog do Galeno